08 março 2009

Distâncias

"Vens de tão longe só para passar o fim-de-semana?!"

O tom incrédulo da minha tia é o de quem nunca cruzou as fronteiras do país, ou tão pouco as do norte de Portugal, e daí eu moderar o meu tom de voz para lhe explicar calmamente que viajar grandes distâncias não me faz qualquer confusão, não fosse isso aquilo que faço todos os dias!

"Eu sei, mas desta vez vens a Portugal!"

Esta parte não compreendi, mas depreendo que a tia Tilde, mulher racional e o grande suporte físico e emocional da família, estará porventura preocupada com o dinheiro que vou gastar com essa "maluqueira". Sim, eu sei, mas como diria a Mila cada vez que gasta pequenos balúrdios para vir da Chamusca todos os fins-de-semana, "isto é para o bem da minha sanidade mental".
É por esse motivo que no próximo fim-de-semana vou a Guimarães "só" para ir ao retiro do Grupo, um momento ao qual nunca faltei em 8 anos, e daqueles que mais prazer me dá passar com os amigos de sempre!
Tia, pode parecer um acto insano aos teus olhos, mas eu nunca quererei o dinheiro para guardar debaixo do colchão, mas sim para me permitir viver os meus pequenos prazeres :) (e, na verdade, eu até adoro fazer aquela viagem de comboio pra Stansted, e andar por Londres sozinha no meio das multidões a sentir-me "tão crescida")...

3 comentários:

Bi disse...

Lol

Tenho muitas tias Tildes na família miúda. Aliás, a minha mãe também um mãe Tilde.

Tipo: vais fazer a depilação mas nem sequer usas saia!

Prnto, em menor escala. :)

Di disse...

E nós ficamos aqui sempre à tua espera :) a morrer de saudades das tardes passadas contigo a conversar sobre os caminhos amorosos desastrosos :P
lool

Beijinho fofinho***

mila disse...

Deixa-nos muito felizes saber que vens ao retiro "só" por nossa causa...
Faltam 4!