17 fevereiro 2009

Esquizofrenia!

Este foi o termo aplicado por uma das pessoas que tenho conhecido em viagens Porto-Stansted (e é por estas coisas que tem a sua piada viajar sozinha) para descrever a mistura de sensações de quem vive entre dois países...

No dicionário: A esquizofrenia é uma doença mental grave que se carateriza classicamente por uma colecção de sintomas, entre os quais avultam alterações do pensamento, alucinações (sobretudo auditivas), delírios e embotamento emocional com perda de contacto com a realidade, podendo causar um disfuncionamento social crónico.

Delírios e alucinações auditivas ainda não me deu pra ter... mas devo confessar que isto de acordar de manhã em Guimarães, almoçar em Londres, e adormecer em Liverpool provoca ligeiras alterações no pensamento e um certo embotamento emocional (seja lá o que esta palavra estranha, vinda da Wikipédia brasileira, queira dizer)...

Estas transições causam mesmo alguns conflitos internos, mas só até ao momento (coisa de poucas horas) em que tudo volta a entrar num ambiente familiar... e já está!

Desta vez estar em casa um fim-de-semana soube-me a coisa de uma semana inteira... Começa a dar-me a sensação de que estou a ir à terra aos fins-de-semana, já que não consigo sentir-me longe. E gosto disto...

E aquela data ligeiramente parva que é o Dia de S. Valentim foi uma bela noite de fanfarra, daquelas que deixam saudades e dão vontade de repetir! Dá-me, ainda assim, a sensação de que cada vez que volto fica sempre algo por fazer ou por dizer...

1 comentário:

Edite disse...

até deve ser giro ter um embotamento emocional... :)