30 dezembro 2009

Contrastes

O telemóvel estava sem bateria, e por isso não consegui fotografar estas duas maravilhas:

A 1ª, Oslo, coberto de neve, numa brancura polar que nunca vi. No aeroporto não consegui tão pouco distinguir a pista de aterragem.
Fiquei de tal maneira entusiasmada com o cenário que me apeteceu abraçar o senhor escandinavo que me abriu a porta. Fiquei de boca aberta uns segundos e sorri-lhe dizendo, perante o seu rosto apático, "It's so beautiful, so white!!!".
Mais tarde, eu e o conterrâneo vimaranense Henrique, que nesse dia voamos juntos pela 1ª vez, não resistimos e tivemos que infrigir as regras: dizer adeus aos passageiros do lado de fora do avião, só pra absorver um pouco mais daquela maravilha passageira.

Dois dias depois, e com uma diferença de pelo menos 30 graus na temperatura, cheguei a Las Palmas, na Gran Canária.
Nestes dias rogamos na pele do engraçadinho que se lembrou de fazer de nós escravos, sem nos dar uns meros 30 minutos pra absorver as realidades locais!
De repente era Verão outra vez, fazia tanto calor, o céu era tão azul, e o mar estava ali tão perto do aeroporto que deu pra sentir o cheiro! Desta vez despimos os casacos e viemos todos cá pra fora, incluindo os pilotos, só pra respirar maresia e sentir calor.


Numa semana onde não tenho feito nada mais do que trabalhar e dormir, os dias têm sido surpreendentemente intensos e interessantes :)

2 comentários:

Edite disse...

agora fiquei com inveja! :P

Mariana disse...

Confesso que fiquei com inveja por teres ido a oslo... Esse tipo de cenário é praticamente impensável por estes lados, com grande pena minha...